Para ‘evitar polarizações’: TV Cultura justifica censura a críticas a Dória e Alckmin

20 de abril de 2017 / Atualizado em 20 de abril de 2017
Compartilhar

Após a apresentadora do “Cultura Livre” rechaçar publicamente a censura de parte de uma música do grupo Aláfia com críticas a João Dória e Geraldo Alckmin, durante apresentação no programa (clique aqui e saiba mais), a TV Cultura afirmou que os cortes se deram para “evitar polarizações”.  Em nota oficial, a emissora, que é pública e é administrada pelo governo de São Paulo, justificou a censura ao trecho combativo ao prefeito e governador, para “não difundir ideias ou fatos que incentivem a polarização, independentemente do indivíduo a quem esse discurso se destina”. A rede de TV disse ainda que não utiliza “programação de arte e cultura para fins partidários” e que os debates políticos devem acontecer exclusivamente no núcleo de jornalismo.

Top 10

Enquete

    O como está o nosso site?

    Ver resultados

    Carregando ... Carregando ...